Polícia vai investigar capixaba que xingou nordestinos após vitória de Lula

Como é de conhecimento dos brasileiros, neste último domingo, 30 de outubro, o país escolheu quem será o mais novo presidente da República, com Luiz Inácio Lula da Silva (PT) saindo como grande vitorioso das eleições presidenciais, após receber 2,1 milhões de votos a mais que Jair Messias Bolsonaro (PL).

Neste momento, inúmeras pessoas manifestam através das redes sociais o descontentamento com o resultado, ao passo que outros internautas comemoram a vitória do candidato petista. O que vem gerando uma enorme repúdio entre os internautas nas últimas horas são os comentários realizados pela capixaba Eliziane Santos Neves, residente do município de Cariacica.

LEIA TAMBÉM:  Chega notícia sobre estado de saúde de Glória Maria, aos 72 anos; filhas também foram infectadas

A mulher vem sendo investigada pela SPRM (Superintendência de Polícia Regional Metropolitana), após decidir ir até seu perfil nas redes sociais para publicar uma gravação onde aparecendo xingando nordestinos. O vídeo em questão foi postado após os resultados do segundo turno.

As autoridades policiais do Espírito Santo também se manifestaram sobre o caso, afirmando que a instituição já está ciente do vídeo e, agora, analisa com urgência as falas proferidas pela mulher.

LEIA TAMBÉM:  Professora que levou cinco tiros durante ataque em escolas de Aracruz acorda do coma e reconhece família

Nas gravações, Eliziane afirma que pessoas do Nordeste ‘passam fome’, chamando-os de miseráveis e pobres, gerando uma enorme revolta em milhares de internautas.

Durante o vídeo, a mulher profere inúmeras palavras de baixo calão, comentando, ainda, sobre uma viagem que fará para o Nordeste durante o final do ano. De acordo com a capixaba, os nordestinos a servirão nos bares, pedindo esmolas no momento que ela estiver curtindo o local.

As falas de Eliziane geraram uma enorme onda de revolta nas redes sociais. Após a publicação ser compartilhada por internautas em todo o país, a capixaba tomou a decisão de ir até seu perfil oficial no Instagram para pedir desculpas sobre suas falas, fechando a rede social. Ela afirma que não quis ofender, afirmando que havia bebido demais e, por isso, passou dos limites.