Tragédia: Homem mata ex-companheira de maneira brutal e bate carro em poste tentando tirar a própria vida

Os casos de violência doméstica e feminicídio estão se tornando cada vez mais comuns no Brasil e diariamente nos deparamos com situações como esta. Na madrugada do último sábado, dia 6 de agosto, mais uma tragédia aconteceu com uma família.

Uma mulher de apenas 25 anos de idade, mãe de três filhos e identificada como Larissa Almeida Queiroz, teve sua vida tirada pelas mãos do ex-companheiro que usou uma arma branca para cometer o crime.

LEIA TAMBÉM:  BBB: Arthur Aguiar descobre armação contra Tiago Abravanel, fica irritado e parte para o confronto

O caso aconteceu na Zona Leste de São Paulo, na Vila Ré. Larissa e seu ex-companheiro estavam juntos há 8 anos e tinham três filhos. O motivo para tal crime seria a não aceitação do fim do relacionamento.

A família de Larissa informou que ela tomou a decisão de se separar por causa do comportamento possessivo do então companheiro que era extremamente ciumento.

Durante a madrugada do último sábado, ela saiu da casa em que estava morando e foi até a casa do ex-companheiro, identificado como Maikon Douglas Ferreira, de 32 anos de idade. A intenção dela era conversar com Maikon.

LEIA TAMBÉM:  Saiba quem é a esposa de Pelé, Márcia Aoki; casal tem uma longa história de amor

Mas não foi o que aconteceu, ela acabou sendo morta pelas mãos do ex-companheiro. O próprio autor do crime ligou para a família para contar que tinha cometido o crime.

Após o crime, Maikon deixou a casa e saiu de carro. O carro dele foi encontrado pela PM batido em um poste de luz. Esta colisão aconteceu em frente a um posto de gasolina.

LEIA TAMBÉM:  Ana Maria Braga deixa escapar áudio chamando atriz de "mentirosa"

De acordo com os frentistas do posto, após a colisão, Maikon saiu do carro dizendo que tinha matado a namorada e que iria tirar a própria vida.