Menino Tico Tico vai a óbito ao receber medicação em SP, pai se revolta com o que vê no laudo e registra B.O

Uma criança de nove anos passou mal e foi a óbito após receber uma medicação na veia. A administração do medicamento ocorreu em um hospital de Registro, no interior do estado de São Paulo. Segundo a família, essa medicação não seria indicada para a idade dele.

O menino estava tratando de dores no apêndice, mas a causa de seu falecimento foi outro, segundo os pais, que ficaram revoltados com o que viram. Eles estão lutando para esclarecer o ocorrido e a Polícia Civil investiga o caso como falecimento suspeito.

LEIA TAMBÉM:  Filha garante que espírito de Nicette Bruno visitou Marco Ricca no hospital

Menino recebe medicação e vai a óbito

O laudo do pequeno David Lucas de Oliveira, conhecido carinhosamente como Tico Tico, consta como óbito por Covid. O pequeno deu entrada no Hospital São João no dia 11 de junho, apresentando dor na região abdominal.

Segundo o pai dele, Célio Marcos de Oliveira, foi realizado um raio-x na unidade hospitalar e ele ficou internado com sintomas de apendicite. Ele disse que no dia 14 o estado de saúde da criança piorou, ele recebeu uma medicação na veia, a qual seria para aliviar as dores do lado direito do umbigo.

LEIA TAMBÉM:  Ex-Fazenda presencia o crime que triou a vida do marido, junto da filha de 9 anos

“Foi dado tramal junto com dipirona. Cinco minutos depois ele começou a vomitar, ter dificuldade para respirar e suar muito. O tramal está proibido no Brasil em crianças abaixo de 12 anos”, disse Oliveira em uma entrevista concedida ao portal G1.

Óbito confirmado minutos depois

O menino foi encaminhado para o Hospital de Regional de Registro na madrugada do dia 15 de junho. Ele ficou no local por 50 minutos, onde o óbito foi confirmado como covid. O pai afirma de David não apresentou sintomas de Covid-19, pontuando que foi realizado um exame de raio-x de frente e de costas, constatando que o pulmão estava limpo.