Menina de 6 anos pediu socorro antes de cair de prédio e falecer no litoral; pai não deve ter perdão judicial

Uma menina de apenas seis anos faleceu após cair do 12º andar de um edifício na madrugada deste último sábado (11). O caso aconteceu no bairro Canto do Forte, que fica no município de Praia Grande, litoral do estado de São Paulo.

De acordo com apurações iniciais do portal de notícias G1, o pai da criança foi detido sob a acusação de abandono de incapaz, resultando em óbito. Após a prisão, o homem de 39 anos foi liberado em uma audiência de custódia, realizada com um juiz.

LEIA TAMBÉM:  Luciano Huck pede desculpas ao público após comentário desagradável sobre Marília Mendonça: ‘Me arrependi’

Pai de menina que caiu de prédio não deve ter perdão

Segundo informações do delegado que está cuidando do caso, Alexandre Comin, o juiz que liberou o acusado não fez nenhum tipo de sentença, permitindo apenas que ele possa responder o caso em liberdade.

Sendo assim, ele deve cumprir várias condições, como comparecer bimestralmente em juízo, para prestar mais informações. De acordo com o delegado e com o advogado Thyago Garcia, o pai não deve receber perdão judicial. O crime de abandono de incapaz não permite que haja modalidade culposa, já que para a concretização é necessária a intenção de abandono.

LEIA TAMBÉM:  Querido ator morre aos 68 anos de câncer no pulmão e causa tristeza aos fãs: “Descanse em paz”

Menina pediu socorro antes de cair do prédio

O delegado disse que a menina Rafaella ficou dormindo sozinha no apartamento, quando o pai a deixou para levar a namorada em casa. A criança acordou nesse intervalo de 30 minutos, ficou desesperada e começou a gritar por socorro na sacada da residência, afirmando estar sozinha e com medo.