Marília Mendonça: Possível motivo da queda de avião é divulgado

Na noite desta sexta-feira (5), a Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) confirmou que o avião em que Marília Mendonça viajava atingiu uma torre de transmissão antes de cair na zona rural de Caratinga / MG.

Com as informações, a colisão com a estrutura elétrica passa a ser a principal suspeita da causa da queda da aeronave. Por meio de nota, a Cemig lamentou o ocorrido que veio a acontecer com a querida cantora do Brasil.

LEIA TAMBÉM:  Canoa afunda com apresentador Luciano Huck durante reportagem; estado foi revelado

“A Cemig relata que a aeronave bimotora que transportava a cantora Marília Mendonça e outras quatro pessoas atingiu um cabo na torre de distribuição da empresa no município de Caratinga. A Cemig lamenta as vítimas do acidente e amigos solidários”, disse o comunicado.

O Centro de Pesquisa e Prevenção de Acidentes de Aeronaves (Cenipa) está investigando o acidente. A cantora estará velada neste sábado (6) em Goiânia, capital goiana, onde Marília já morou.

LEIA TAMBÉM:  Ex-atriz da Globo vai a público e implora por ajuda: ‘Ninguém merece passar por isso’

O avião da cantora Marília Mendonça (26 anos) caiu na tarde desta sexta-feira (5) em Caratinga, interior de Minas Gerais. A artista e outras quatro pessoas foram salvas sem vida, incluindo o piloto, co-piloto, produtor e conselheiro da cantora sertaneja.

Segundo os assessores da artista, havia mais quatro passageiros no avião: o produtor Henrique Ribeiro, seu tio, que era assessor de Abicieli Silveir Dias Filho, piloto e co-piloto, cujo nome não foi divulgado.

LEIA TAMBÉM:  Mulher de 45 anos troca marido por jovem de 24, leva golpe de R$10 mil e é chamada de ‘gorda’ e ‘velha’