Mãe diz que ‘premonição’ salvou filha minutos antes de acidente

Nesta quinta-feira (1º), a professora Luciana Rodrigues de Lima, revelou que sua filha teve um ‘livramento’ por causa de uma espécie de pressentimento que ela teve pouco antes da filha sair para embarcar na van da Secretaria de Saúde de Apiaí, localizada no interior de São Paulo que se acidentou na manhã do último dia 30 de agosto.

Segundo Luciana, a sua filha Malu Rafaelli de Lima, de 18 anos, viajaria para realizar uma consulta com um hematologista na cidade de Itapetininga (SP), entretanto, a professora pediu para filha não embarcar pois havia tido uma espécie de ‘premonição’.

LEIA TAMBÉM:  Xuxa é condenada na Justiça do RJ e pode pagar indenização que ultrapassa R$ 65 milhões

“Minha filha Malu também estaria na van. Pouco antes da hora dela sair de casa, eu falei para ela ficar. Eu estava preocupada. Eu nunca perdi uma consulta agendada, pois sei da dificuldade que temos em passar por um especialista aqui na nossa região, mas nesse dia achei melhor ela ficar,” afirmou a professora.

LEIA TAMBÉM:  Ex-marido de Wanessa Camargo dá primeira entrevista e dispara: ‘mentiras em torno da minha separação’

Luciana revelou que ficou sabendo do acidente quando estava na escola e que todos se comoveram, ela contou que sentiu uma mistura de alívio pela vida da filha e tristeza pelos mortos.

Acidente

A van que seguia com pacientes para a realização de exames em outras cidades, colidiu na traseira de uma carreta utilizada para transportar toras, por volta das 5h15, na rodovia SP-250, na altura da cidade de Capão Bonito (SP).

LEIA TAMBÉM:  Aos 59 anos, o ator e humorista Nelson Freitas se despede dos fãs

Morreram em virtude do acidente estão os mortos o motorista e três mulheres, todas de Apiaí, outras três pessoas ficaram feridas.