Humorista faz comentário homofóbico contra ator de Pantanal, mas se dá mal e terá que enfrentar a justiça

O comediante Pedro Manso, se envolveu em uma grande polêmica nas redes sociais. O mesmo comentou a foto do ator Jesuíta Barbosa, nas redes sociais, se beijando com seu namorado na praia, de uma forma muito homofóbica expôs sua opinião.

Na foto o ator que interpreta o Jove em Pantanal, está aos beijos com seu parceiro, o comediante comentou o seguinte: “O final dos tempos está chegando, antigamente a gente correria atrás da mulherada e era difícil. Hoje em dia os caras tem a mulher que eles querem mas preferem eles serem as mulheres. Papel inverso“, sendo muito infeliz.

LEIA TAMBÉM:  Aos 80 anos, Susana Vieira vai aos prantos ao revelar frustração como mãe: “Hoje eu vejo”

Após sua fala começar a ganhar grande repercussão, e gerar a ira em muitas pessoas, o comediante foi se desculpar. Ele disse que tudo era uma brincadeira, que tinha amigos gays, mas para todos ficou bem explícito a sinceridade no comentário do humorista.

Pra quem está me julgando que sou homofóbico por uma simples brincadeira sobre mulher e homem, em que disse que, se existe coisa melhor do que mulher, está com Deus guardado“, falou tentando explicar e pedir desculpas, mas acabou manchando ainda mais sua imagem.

LEIA TAMBÉM:  Internada e lutando contra o câncer, Simony compartilha novo visual após a queda de cabelo e comove os fãs

A comunidade se sentiu ofendida, o mesmo está sendo processado pelo suplente de deputado federal e ativista LGBTQIA, Agripino Magalhães. Magalhães já processou outros famosos homofóbicos e ganhou, como Sikera Jr, e Gilberto Barros.

Homofobia é crime, e todos anos muitos crimes e inclusive homicídios são gerados por homofóbicos. Por isso o crime prevê pena de 1 a 3 anos de prisão, mais multa, o ator Jesuíta não se manifestou sobre o comentário.