Bonner e Renata iniciam JN com notícia que expõe triste realidade brasileira

William Bonner e Renata Vasconcellos levaram ao ar notícias importantes no Jornal Nacional. O telejornal da Globo é exibido para todo o Brasil. Logo depois do boa noite dos apresentadores, foi destacado uma triste notícia para os brasileiros.

“A pobreza atinge quase um terço dos brasileiros em 2021”, informou William Bonner. O telejornal mais assistido da TV brasileira mostrou que mais de 62 milhões de pessoas eram pobres no Brasil em 2021. Desse total, 18 milhões viviam na extrema pobreza. Índice que aponta aumento de 50% em relação ao ano anterior.

LEIA TAMBÉM:  Médicos explicam motivo do óbito de aposentada de 54 anos que deu luz à gêmeas;

Jornal Nacional destaca notícias de interesse dos brasileiros

Os índices de pobreza no Brasil são os maiores da série histórica de 10 anos. Outra notícia de repercussão dada por Bonner e Renata na escalada de notícias do Jornal Nacional foi sobre o corte que o governo federal fez em universidades.

De acordo com Renata, o Ministério da Educação mudou novamente de posição e voltou a fazer cortes em universidades federais. Bonner informou que o presidente eleito, Luiz Inácio Lula da Silva, afirmou que já escolheu 80% de seus ministérios. Os nomes não foram revelados.

LEIA TAMBÉM:  Cássia Kis volta a gerar polêmica após surgir rezando em manifestação contra resultado das eleições

Bonner e Renata levam ao ar notícias sobre a Copa do Mundo

O Jornal Nacional tem feito a cobertura da Copa do Mundo. A edição desta sexta-feira (2) mostrou detalhes da última rodada da fase de grupos nas chaves G e H. A seleção brasileira foi derrotada por Camarões por 1 a 0, mas passou em primeiro lugar no grupo. O Brasil enfrentará a Coreia do Sul nas oitavas de final. A seleção da Ásia venceu Portugal, que mesmo assim passou na primeira posição do grupo H.

LEIA TAMBÉM:  Acabou mesmo? Marido de Ivete Sangalo explica porque excluiu fotos da cantora