BBB22: Eliezer conta o que não deve para Arthur Aguiar, e produção precisa agir com punição

Na tarde desta segunda-feira (18/04), Eliezer estava conversando com Arthur Aguiar no Big Brother Brasil e levou uma punição da produção do programa. O empresário falou o que não deveria, e os superiores não deixaram barato.

Eli, como é chamado carinhosamente pelos colegas, detalhou um fato a respeito do processo seletivo pelo qual passou para conseguir entrar na casa mais vigiada do Brasil. Ele disse que a Globo o questionou acerca de seu comportamento diante de uma pessoa transexual.

LEIA TAMBÉM:  Tony Ramos não consegue segurar suas lágrimas e desabafa: ‘Não suporto’

Isso foi questionado pra mim durante meu processo várias vezes. Então como eles estavam focando muito isso comigo nas perguntas aí eu falei ‘ah, vai ter com certeza’“, revelou o ex-affair de Natália durante o bate-papo com o marido de Maíra Cardi.

Contudo, não é permitido pela emissora que os participantes do Big Brother deem detalhas do processo eliminatório. Por conta disso, a produção emitiu um alerta no telão, avisando que Elizer havia perdido 50 estalecas, moeda usada na compra de produtos para a casa.

LEIA TAMBÉM:  Polícia Civil faz revelações inéditas do caso Marília Mendonça: “Fora do padrão”

Diante da punição, o empresário parou de falar sobre o assunto e conversou sobre outros tópicos com o pai de Sophia. Eliezer está mais uma vez no paredão, desta vez por indicação de Pedro Scooby, que venceu da Prova do Líder na noite do último domingo (17/04).

O empresário entrou para a berlinda com Gustavo, escolhido pela casa, e Paulo André, puxado pelo bacharel para o paredão. A decisão de quem sairá dependerá do voto do público e será anunciada na terça-feira (19/04) durante o programa ao vivo.