Amigos tiram a vida de adolescente de 17 anos por causa de celular; corpo foi jogado no rio

No Rio de Janeiro, as autoridades estão procurando o corpo de um adolescente. O corpo teria sido jogado no Rio Guandu. Nesta quarta-feira, dia 13 de julho, os adolescentes confessaram que mataram o jovem por causa de um celular que pensavam ter sido furtado pelo jovem.

Cauã Neres, de 17 anos, foi morto. Ele estava em um bar com alguns amigos, quando tudo aconteceu. Após algum tempo, o celular de um dos amigos desapareceu e Cauã conseguiu encontrar o aparelho dentro de um carro.

LEIA TAMBÉM:  Mulher atropelada por Lima Duarte quer a prisão do ator e indenização milionária

Contudo, os amigos acharam que ele tinha furtado o aparelho e se arrependido de ter cometido o crime. Com isso, o grupo o colocou dentro de um veículo e disse que o levaria até sua mãe, Vanessa Neres.

Porém, eles tiraram a vida do jovem e jogaram o seu corpo no Rio Guandu. Agora, as autoridades estão procurando pelo corpo de Cauã.

LEIA TAMBÉM:  Filha de Glória Maria vive luto em dose dupla e comove com post nas redes sociais

A mãe disse que se sentiu desconfiada após o filho não ter voltado para sua casa.

“Até pensei que ele tinha arranjado uma namorada, alguma coisa… Mas depois, uma hora da tarde, eu sabia que algo tinha de errado. Comecei a procurar saber e fui atrás dos meninos, fui atrás de dois deles. Eu conversei e não desconfiei, mas depois comecei a desconfiar”, contou ela.

LEIA TAMBÉM:  Famosa compartilha sentimentos de tristeza ao se despedir de sua mãe

O delegado que está investigando o caso disse que vai pedir para que a prisão dos cinco homens envolvidos na situação seja efetuada pelas autoridades.

Atualização

A Polícia informou que seu corpo já foi encontrado.