Piora o quadro de saúde do querido cantor Zé Neto; sertanejo é internado às pressas em hospital, diz colunista

Zé Neto teria sofrido uma piora em seu quadro de saúde. A informação foi inicialmente publicada pelo jornalista Erlan Bastos em sua coluna no portal Em Off. O cantor sertanejo foi diagnosticado com Covid-19 conforme notícia veiculada por sua assessoria de imprensa no último domingo (13/11).

Diante da piora em seu quadro de saúde, Zé Neto teria sido internado no Hospital de Base de Rio Preto, localizado na cidade de São José do Rio Preto, no interior do Estado de São Paulo. De acordo com a referida fonte, os sintomas sentidos pelo artista não são leves, haja vista que teria dado entrada à unidade de saúde com baixa saturação.

LEIA TAMBÉM:  Quando você souber o motivo que os gatos gritam tanto quando estão acasalando vai ficar chocado

Zé Neto e Cristiano cancelam shows

Em virtude do quadro de saúde do cantor sertanejo, os shows da dupla Zé Neto e Cristiano foram temporariamente suspensos. O comunicado foi feito pela assessoria de imprensa em post nas redes sociais.

Inclusive, o texto indicava que Zé Neto passava bem, havendo uma divergência de informações em relação ao que foi publicado pelo jornalista Erlan Bastos. “Zé Neto testa positivo para COVID e agenda da dupla Zé Neto & Cristiano terá shows cancelados. O cantor passa bem e apresenta sintomas leves”, afirmava a nota.

LEIA TAMBÉM:  Na luta contra o câncer, cantora Simony é internada novamente e aparece em maca

Zé Neto e os problemas de saúde

O cantor sertanejo havia sido diagnosticado com Covid-19 em junho de 2021. À época, sofreu com os sintomas, incluindo tosse, espirro e febre. Posteriormente, em dezembro do último ano, Zé Neto virou notícia pelos problemas em seus pulmões. O famoso foi diagnosticado com um “foco de vidro” e precisou de tratamento em razão dos sintomas de falta de ar. Há suspeitas de relação com sequelas da Covid-19 ou pelo uso excessivo de cigarros eletrônicos.

LEIA TAMBÉM:  Marido de Sandy assume vício e faz desabafo: “Sou compulsivo, tive que parar”