Lembra da Lidia Brondi? A beleza da filha dela vestida de noiva vai deixar você sem ar

Na história do entretenimento, seja no cinema, teatro ou televisão, muitas estrelas abandonaram a carreira no auge da fama, afastando-se dos holofotes e deixando os fãs com saudades. Lídia Brondi é um destes casos, e talvez seja uma das atrizes afastadas mais queridas no Brasil.

Lídia Brondi Resende Mendes nasceu em Campinas, em 29 de outubro de 1960, mas aos dois anos de idade mudou-se com a família para Ribeirão Preto, e aos nove foi para o Rio de Janeiro, após seu pai conseguir uma emprego na capital carioca.

Jonas Neves Rezende, o pai de Lídia, era um pastor da Igreja Presbiteriana de Ipanema, e ainda criança a menina começou a atuar em produções amadoras da igreja. Paralelamente seu pai também era funcionário da TV Educativa (TVE), e ele levou a filha para fazer testes para o seriado educacional Márcia e Seus Problemas (1975), que a emissora estava produzindo. A série pedagógica era apresentada pelo psicólogo Vilena de Moraes, e Lídia, aos 15 anos de idade ficou com o papel.

LEIA TAMBÉM:  BBB22: Eliezer ‘esquece das câmeras’, tem atitude inusitada e Globo precisa agir às pressas

Após atuar três meses na produção, a jovem chamou a atenção do diretor Walter Avancini, que mandou chamá-la para um teste para a novela O Grito (1975), na Rede Globo. Lígia agradou ao diretor, e ficou com o papel da jovem Estela.

Em seguida ela atuou em duas novelas da faixa das 18 horas, O Feijão e o Sonho (1976) e À Sombra dos Laranjais (1977). Mas ganha notoriedade como a adolescente rebelde Beatriz, em Espelho Mágico (1977), papel que lhe rendeu o prêmio APCA de atriz revelação.

Ao lado de Cássio Gabus Mendes ela ainda atuou na peça Parsifal (1992), seu último trabalho como atriz. Sofrendo de síndrome do pânico, Lídia Brondi abandonou a carreira, para tristeza de seus fãs.
Durante o tratamento, descobriu o amor pela psicologia, e acabou formando-se na área, e possui seu próprio consultório em São Paulo. Lídia Brondi não cogita voltar a atuar, embora sempre receba convites de Gilberto Braga, autor de alguns de seus maiores sucessos na televisão.
Lídia Brondi pegou os fãs de surpresa ao fazer uma rara aparição nas redes sociais no domingo (12). A ex-atriz de 61 anos recebeu uma declaração de amor do marido, Cassio Gabus Mendes, com quem está casada desde 1991. “Que saudade de ver a Lídia Brondi atuar. Deus os guarde!”, comentou a seguidora Denize Barbieri na postagem