Ex-funcionário do Encontro, da Fatima Bernardes, joga tudo no ventilador e pede milhões na Justiça

Lair Rennó, antigo apresentador do Encontro com Fátima Bernardes, decidiu agir contra a TV Globo e sua antiga chefe. O jornalista está processando o canal e pedindo uma fortuna em dinheiro de indenização. A informação foi divulgada pelo site Na Telinha, que cobre o mundo dos famosos e da televisão.

O jornalista Lair Rennó está fora da TV Globo desde 2019, antes da pandemia de Covid-19. Ao lado de Fátima Bernardes, ele apresentava o matutino e auxiliava a apresentadora com as pautas e convidados, além de ir à plateia buscar o público visitante para participar.

LEIA TAMBÉM:  “Casal ridículo”, Leonardo não se cala e diz o que pensa sobre separação do filho: “Foi recorde”

Entretanto, a relação dele com a Globo e Fátima não iria nada bem. Isso porque ele entrou com um processo trabalhista contra a emissora e cobrou salário substituição referente a seis anos de trabalho, isto é, de 2014 a 2019. Desse período, Lair Rennó quer o valor referente a todos os dias em que cobriu as férias de Fátima Bernardes.

LEIA TAMBÉM:  Antônio Fagundes é contratado por outra emissora após 44 anos de Rede Globo

Lair Rennó pede valor de indenização milionária para Globo na Justiça

O assunto férias e faltas tem se tornado frequente na mídia, quando se trata da apresentadora Fátima Bernardes. Recentemente, um internauta chegou a contabilizar quantas vezes ela não esteve presente em seu próprio programa, em 2021. Nesse ano, a jornalista havia tido 33 ausências.

Na ação de Lair Rennó, ele decidiu jogar no ventilador fatos que comprovem que foram sonegados direitos previdenciários do jornalista, enquanto ele trabalhou para a Globo. Segundo o site Na Telinha, Lair diz que seu contrato de trabalho foi trocado de empregado CLT para pessoa jurídica (PJ). Lair quer, na Justiça, ter reconhecido o vínculo empregatício de funcionário da Globo.