Esposa de ex-jogador de futebol não resiste e falece no velório de seu marido

O ex-jogador de futebol, Ademir José Gonçalves, teve sua morte confirmada nesta última sexta-feira, dia 22 de julho. Ele chegou a ser campeão paulista ao lado do time em meados de 1977. A causa de sua morte foi um mal súbito que ele sofreu aos 75 anos de idade.

E ainda durante o seu velório, que ocorreu neste último sábado, 23 de julho, a esposa dele, Elisabete Aparecida Bangoli Gonçalves, passou mal e faleceu.

LEIA TAMBÉM:  Tratando câncer, Pelé é acusado de ser o pai biológico de mulher desconhecida; Justiça determina exame de DNA

A neta do casal chegou a se despedir nas redes sociais, dizendo que ela não teria aguentado viver na terra sem o seu Ademir e que seu coração teria se partido sem o amor dele.

Ela ainda chegou a ser socorrida durante o velório, mas não conseguiu resistir e o seu falecimento foi confirmado momentos depois.

Ademir atuou como jogador do Corinthians entre meados de 1972 até 1978. Além disso, durante sua carreira, ele chegou a marcar dois gols para o seu time. O jogador ainda foi emprestado para o Guarani. O ex-atleta partiu e deixou dois filhos e seus netos.

LEIA TAMBÉM:  Após suposta traição de Leonardo, Poliana se pronuncia: ‘Eu tudo vou fazer’

O Twitter oficial do Corinthians chegou a se pronunciar nas redes sociais, lamentando a perda do jogador e também de sua esposa.

“O Sport Club Corinthians Paulista manifesta seu pesar pelo o falecimento do ex-zagueiro Ademir José Gonçalves, aos 75 anos, e de sua esposa, Elisabete Aparecida Bagnoli Gonçalves, aos 66 anos”, escreveu o time.