Depois de 14 anos, veja como Alexandre Nardoni está hoje

Após 14 anos, o caso Isabella Nardoni tem sido lembrado na internet nos últimos dias. O Google Trends, serviço do Google que identifica as principais pesquisas do mundo, confirmou que houve aumento repentino de buscas por termos relacionados ao caso Nardoni.

O crime aconteceu na noite de 29 de março de 2008. De acordo com o julgamento do casal, Isabella foi arremessada do sexto andar do apartamento onde o pai morava com Anna Carolina e os dois filhos do casal. Inicialmente, a dupla disse que o crime havia sido cometido por um invasor, mas provas periciais colocaram o pai e a madrasta na cena do crime.

LEIA TAMBÉM:  Marília Mendonça: partilha de bens ocorre; detalhes e grande fortuna chamam a atenção

Ficou esclarecido, portanto, que Anna Carolina enforcou Isabella, enquanto o pai, Alexandre Nardoni, cortou a tela de proteção do apartamento e jogou o corpo da própria filha. O apartamento ficava no sexto andar do edifício London, na Vila Mazzei, Zona Norte de São Paulo.

O casal foi condenado por homicídio triplamente qualificado. Alexandre Nardoni foi condenado a 31 anos e um mês de prisão. Já Anna Carolina pegou 26 anos e oito meses. A Justiça entendeu que o parentesco entre Alexandre e a vítima era um agravante.

LEIA TAMBÉM:  Mãe de 54 anos falece duas semanas após dar à luz suas filhas gêmeas

Preso na penitenciária de Tremembé, em SP, Alexandre Nardoni, que é formado em Direito, trabalhou como ajudante de faxina, na lavanderia, na jardinagem, e foi ajudante geral.

O portal UOL teve acesso ao currículo de Nardoni na cadeia. Veja a cronologia dos trabalhos do pai de Isabella no presídio:

  • 06/05/2009 a 28/02/2010 – Apoio em faxina interna
  • 01/03/2010 a 21/02/2011 – Apoio em lavanderia
  • 03/05/2011 a 26/11/2012 – Apoio em lavanderia
  • 27/11/2012 a 01/05/2019 – Ajudante geral
  • 02/05/2019 a 20/05/2019 – Apoio em jardinagem
  • 21/05/2019 a 14/08/2019 – Ajudante geral
  • 06/11/2019 a 08/11/2019 – Apoio em jardinagem
  • 11/11/2019 até atualmente – Ajudante geral

Ao UOL, carcereiros do presídio descreveram Alexandre como um dos detentos mais dedicados ao trabalho e estudos. Ele também tem bom comportamento dentro da cadeia.