Situação complicada! Fátima Bernardes pode receber má notícia em breve

Depois de dez anos apresentando o Encontro nas manhãs da Globo, Fátima Bernardes foi escalada pela emissora para comandar o The Voice Brasil. A ida da jornalista para o talent show musical tinha como objetivo repaginar a disputa entre cantores.

O problema é que o programa não tem registrado a audiência esperada pela Globo e a situação comercial também não é das melhores. Apenas duas empresas compraram cotas de patrocínio do reality show. Depois do Bradesco, a Nabisco adquiriu cota para exibir a marca Oreo. As informações foram divulgadas pelo site Notícias da TV.

LEIA TAMBÉM:  Anitta abre live direto do hospital: ‘tava com um nódulo no pulmão’

The Voice Brasil está com audiência bem abaixo do esperado

O The Voice foi ao ar em novembro e tinha como grande novidade a apresentadora Fátima Bernardes. Exibido depois de Travessia, o talent show tem sofrido com a baixa audiência da novela. Nas quatro primeiras exibições, a média foi de 14,7 pontos na região da Grande São Paulo, principal mercado publicitário do país.

LEIA TAMBÉM:  Doente? Cantor sertanejo posta foto nas redes sociais e preocupa fãs com perda de peso

No ano passado, ainda sob o comando de Tiago Leifert, a atração registrou 19,1 pontos de média. Os números já eram vistos pela Globo como abaixo do que a emissora esperava. Com a queda de 4,4 pontos de um ano para o outro, a situação ficou bem pior.

Fátima Bernardes pode perder The Voice em 2023

De acordo com o Notícias da TV, a edição do The Voice em 2023 ainda não está confirmada. É possível que a emissora cancele a exibição do talent show, como já fez com o The Voice+, disputa que reunia idosos cantores. O The Voice Kids está confirmado para o primeiro semestre do ano que vem. Fátima Bernardes pode ficar sem seu programa noturno.

LEIA TAMBÉM:  Aos 87 anos, doente ator Francisco Cuoco surge em live e desabafa