Professor é achado sem vida com sinais de violência; irmão é suspeito

Na região do Espírito Santo, na Serra, um homem de 35 anos foi preso após ter se tornado o principal suspeito de ter tirado a vida de seu irmão de 30 anos, dentro do apartamento da família.

Segundo o Boletim da Polícia Militar, a vítima, identificada pelo nome de Henri Mathieux Freitas Dilard, foi achada com os membros esquartejados, abdômen aberto e com o rosto desfigurado, em um claro crime que contou com graves sinais de violência.

LEIA TAMBÉM:  Gloria Perez usa tom político e rebate internauta que criticou a novela Travessia

Quando as autoridades chegaram na casa da família, o suspeito contou que é esquizofrênico e que teria acordado e se deparado com o irmão já morto e com o pescoço cortado.

Ainda segundo informações fornecidas pelo Boletim de Ocorrência, o homem teria ficado preocupado com a possibilidade de a mãe ver toda a situação e sofrer com um ataque no coração.

LEIA TAMBÉM:  Polícia encontra contradições em depoimentos e fica intrigada sobre crime à casa de Carlinhos Maia

Ele teria justificado a atitude de ter esquartejado e desconfigurado o rosto do irmão, alegando que seria com a intenção de preservar sua mãe.

A Polícia Civil informou que o irmão da vítima foi encaminhado para uma delegacia, onde precisou responder por homicídio qualificado. Diante disso, ele foi levado para o sistema prisional.