Luto no Jornal Nacional, que termina em silêncio por ex-diretor da Globo, falecido esta semana

Morreu nesta última terça-feira (10), aos 84 anos, o ex-diretor de Jornalismo da Globo, Alberico de Sousa Cruz, que lutava contra uma leucemia e devido a algumas complicações em decorrência da doença ele acabou vindo a óbito.

Alberico ficou à frente do Jornalismo na emissora carioca por muitos anos e ontem recebeu uma homenagem no Jornal Nacional, que finalizou com um minuto de silêncio, reconhecendo a importância do ex-diretor.

Mineiro, Alberico se formou em Direito, mas logo descobriu que sua grande paixão era o jornalismo, pois adorava contar histórias. Chegou a trabalhar no Binômio, Jornal da Cidade e também no Última Hora, mas na década de 80 conseguiu uma vaga na Globo em Minas Gerais.

LEIA TAMBÉM:  Ao vivo, Michelle Loreto erra e anuncia ‘óbito’ do cantor sertanejo Conrado, internado após acidente

Não demorou muito para ter seu trabalho reconhecido e foi transferido para o Rio de Janeiro, onde assumiu a direção da Central Globo de Jornalismo. Alberico esteve à frente de grandes coberturas, entre elas: Guerra do Golfo, eleições presidenciais nos Estados Unidos em 1992, Conferência do Clima no Rio de Janeiro, entre outras.