Médico se assusta com detalhe ao entrar em avião de Marília Mendonça e conta tudo o que viu: ‘É quase impossível’

Falecimento de Marília Mendonça abalou todo o país. A grande cantora e compositora foi declarada morta na tarde da última sexta-feira (05/11), quando a aeronave na qual era transportada para o local onde faria shows caiu em uma cachoeira, em Minas Gerais.

Kleyton Carvalho(médico), o primeiro a entrar no avião que caiu com a cantora e sua equipe, concedeu uma entrevista no começo desta semana e deu detalhes sobre o que encontrou ao adentrar a aeronave.

LEIA TAMBÉM:  Agora que o programa acabou, Maíra Cardi confessa o que realmente fez para Arthur ganhar: ‘o tempo todo’

Kleyton mencionou um detalhe que provocou curiosidade: “Quando cheguei ao local, é um local de muito difícil acesso, uma coisa que chamava bastante atenção também era a quantidade de combustível. Era muito combustível no local e sem contar também que não sabíamos se a aeronave ia cair ou não sobre a cachoeira“, disse o médico.

Ele também falou, durante a entrevista que foi uma operação bastante complicada e que seria muito difícil algum dos passageiros conseguir sair vivo do avião, considerando o quanto a aeronave estava destroçada. “É quase impossível“, disse.

LEIA TAMBÉM:  Luto: filho de ator querido é encontrado sem vida em estacionamento; ele era dependente químico

E continuou dizendo que não tinha como saber ainda se todos os passageiros da aeronave estavam utilizando o cinto de segurança no momento em que o acidente aconteceu. Ele disse que a provável causa da morte de Marília foi politraumatismo, o que ainda não foi confirmado.

Kleyton diz que sofreu um grande choque ao se deparar com o corpo de Marília por ser um fã da cantora. A famosa foi sepultada no último sábado depois de ser velada na Goiânia Arena, na presença de amigos, fãs e familiares.