Vocalista do grupo Carrapicho, Zezinho Corrêa está na UTI, lutando contra o Covid-19

Mesmo após o anúncio da vacina, a situação da Covid-19 no Brasil continua abalada, depois de perder grandes nomes como Nicette Bruno e Genival Lacerda devido à doença, esse número aumentou.

Mais de 200 mil pessoas morreram com a doença, infelizmente, este número continua a crescer devido ao acúmulo das festas de fim de ano, o que preocupa a secretaria de saúde.

O famoso nome da vida que se dedica ao combate a esta doença é Zezinho Corrêa. Os cantores do grupo Carrapicho foram transferidos para um leito de UTI de um hospital de Manaus, ele precisa ser transferido para continuar o tratamento.

Ele foi internado na terça-feira dia 5 de janeiro e foi transferido para a UTI dois dias depois, segundo a família do cantor, ele está entubado, mas está se recuperando bem. Atualmente, sua saúde está estável.

Zezinho e Carrapicho alcançaram sucesso na Europa e no Brasil na década de 1990 com a música “Tic Tic Tac”. Em 2016, o G1 chegou a publicar uma matéria com a cantora na qual dizia que o sucesso da música ainda compensou.

Só no Estado do Amazonas, Zezinho faz parte das 208 mil pessoas infectadas com Covid-19, o estado mais uma vez aumentou o número de casos, internações e óbitos.

O governo proibiu a abertura de comércio não essencial pelos próximos 15 dias, em sua última aparição pública, antes que o teste desse positivo, o cantor participou do lançamento do livro no dia 28 de dezembro.

Para comemorar sua carreira, a cantora Márcia Siqueira que compareceu à cena também deu positivo, a lenda de Zezinho Correa começou em 2017, quando morar na capital carioca era cheio de dificuldades, até que ele decidiu apostar na carreira de cantor.