Vaza fotos de maus tratos a Ísis Helena e Polícia Civil toma atitude severa contra Jennifer

Mesmo após a confissão de Jennifer Natália, em ter matado a pequena Ísis Helena, o Brasil ainda continua chocado com toda essa brutalidade, com uma criança indefesa.

A bebê que estava desaparecida já há mais de 50 dias, era prematura, e tinha microcefalia, logo, necessitava de constante medicação diária, a menina também não conseguia andar.

A criança estava com 1 ano e 10 meses, e o crime ocorreu na cidade de Itapira, interior de São Paulo.

A versão inicial que a mãe deu as autoridades policiais, foi que a criança desapareceu quando ela foi sacar dinheiro com sua avó.

Jennifer, mencionava ainda que a pequena estava sob os cuidados de seu avô, e que logo foi divulgado pela família, que ele tem Alzheimer.

A mãe da menina em seu depoimento, relatou que ao chegar na casa, encontrou a porta aberta, e a Ísis, já não estava mais em seu quarto.

Depois de um pouco menos de 2 meses, a justiça decidiu optar pela prisão provisória da mãe, que logo no dia seguinte, ela veio a confessar o crime.

Porém antes mesmo desse crime acontecer, o delegado Dr. José Antônio, disse que o Conselho Tutelar, já havia recebido denuncias de que a pequena estava sofrendo maus-tratos.

Abaixo você confere uma dessas imagens.

Jennifer, foi condenada por homicídio doloso, aquele quando há intenção de matar é constatada, além de ocultação de cadáver.