Urgente: ônibus de turismo cai de viaduto a 15 metros de altura, há mais de uma dezena de mortos e 29 feridos em estado

Segundo relatos, outra grande tragédia em nosso país envolveu um acidente de ônibus, a equipe de resgate atendeu ao telefone, o acidente aconteceu na BR-381 e envolveu o ônibus de turismo de Localima.

Ela é paulistana e está a caminho de Belo Horizonte, a famosa “ponte curva” acabou provocando esse terrível acidente, o veículo caiu de uma altura de cerca de 15 metros e ficou totalmente destruído.

Segundo relatos de testemunhas oculares, devido às obras na rodovia, o trânsito parou completamente, mas o motorista do ônibus não conseguiu parar, para não bater no carro que estava à sua frente.

O carro ficou preso na mão errada, mas mesmo assim quase bateu em um carro que vinha em sua direção, mas conseguiu atravessar a ponte, mas, segundo essas pessoas, de repente, o carro começou a dar ré sem frear e os quatro pularam do ônibus.

Logo que caiu todo o pessoal do banco, o trânsito na área do sinistro foi bloqueado, quem vai para a capital mineira deve pegar a MG-120, rodovia que liga a cidade de Itabira à Nova Era.

Fato que deixa todo mundo revoltado com as redes sociais, pois o motorista do ônibus que caísse debaixo da ponte para Belo Horizonte pularia e fugiria antes que acontecesse a tragédia.

A polícia disse que o número de mortos confirmados aumentou para 16, e pelo menos 24 pessoas ficaram feridas, supostamente, o motorista que saltou do carro não apareceu para esclarecer a real situação na hora.

Segundo o delegado Aristides Júnior, porta-voz da Polícia Rodoviária Federal de Minas Gerais, o motorista não foi identificado e está sendo afastado pela polícia, tudo indica que o ônibus vai frear e cair na ponte.

A polícia está investigando os fatos, até agora, isso pode ter feito com que ele realmente fugisse do local ou fosse resgatado por pessoas ao seu redor no momento do acidente, a polícia denunciou a perícia que possuía no local do incidente.

E está investigando os fatos para alcançar o objetivo comum de enviar o corpo do falecido ao IML em Belo Horizonte, de acordo com as primeiras informações divulgadas, enquanto a possível causa deste terrível acidente ainda está sob investigação.

A empresa é cadastrada na ANTT e possui cláusulas de autorização para amparar o transporte de passageiros concedida pela Justiça na liminar, porém, o veículo em si não possui as habilidades necessárias para transportar passageiros, informou a agência à mídia.