Últimas palavras de pai à filha antes de morrer em desabamento, no Rio, são de chorar: ‘Minha princesinha’

A madrugada de Corpus Christi (quinta-feira, 03/06), foi marcada com o desabamento de um prédio residencial, no bairro de Rio das Pedras, zona oeste do Rio de Janeiro. Diversas pessoas ficaram feridas no incidente, que contabilizou duas mortes, e causou estrago na região.

Natan Gomes, de 30 anos, e a pequena Maitê, de aproximadamente três anos de idade, ficaram gravemente feridos e faleceram com a queda do prédio. A criança foi encontrada em meio aos escombros, e teve sua morte confirmada por volta das 10h20, e seu pai foi dado como morto algumas horas depois, por volta das 12h00.

A mãe da criança, que foi a última moradora do prédio encontrada com vida, foi a única sobrevivente da família, e agora sente as dores de perder a filha e o companheiro na tragédia. Kiara Abrreu,  foi levada ao Hospital Miguel Couto, da rede pública que fica na zona sul do Rio de Janeiro.

Nas redes sociais, era possível perceber que a família era bastante unida e nutrida de carinho. Em sua conta no Instagram, Natan sempre se referia à pequena Maitê como “Minha princesinha”, como na última publicação feita para a filha, se mostrando sempre apaixonado. Kiara, por sua vez, se define em seu perfil como “mãe da Maitê” e quase todas as fotos que estão lá são da criança.

 

“Primeiro dias das mães. Sem palavras pra explicar o qual incrível é ser mãe. Obrigada senhor por ter me contemplado com tão grande dádiva”, escreveu ela em maio de 2019. Na manhã desta sexta-feira, uma nova informação a respeito do prédio que desabou, deixou a todos chocados. Acontece, que o dono da localização, era pai de Natan, e avô da pequena Maitê. O homem contou a polícia, que a construção era irregular, e que havia sido feita sem qualquer projeto técnico e contratação de profissionais especializados em construção civil. O ainda segue em investigação.