Triste: Adolescente de 17 anos morre após trator que ela dirigia tombar em MT; família se entristece

É difícil de acreditar, que uma pessoa tão jovem possa ter morrido dessa forma. Uma garota trabalhadora, que morreu no cumprimento de seu ofício, foi vítima de um acaso do destino, que aconteceu sem hora marcada, e deixou marcas profundas na vida de seus familiares e amigos.

Gabriela Lopes do Nascimento, era moradora da zona rural de Tangará da Serra, a 242 km de Cuiabá (MT). A jovem, fazia transporte de adubo, em um trator na propriedade rural da família dela na região da Gleba Triângulo. Gabriela, parece ter perdido o controle sobre o trator, que acabou tombando enquanto ela estava na direção, caindo sobre ela e a deixando incapacitada de se mover.

O batalhão do corpo de bombeiros, foi acionado para ir  até o local e prestar socorro para a jovem, mas ao chegar até a propriedade rural, infelizmente a jovem já se encontrava sem vida. O corpo de Gabriela, foi velado no dia 25 de fevereiro, na Comunidade Católica Nossa Senhora da Guia, no Jardim Esmeralda. O enterro foi realizado às 14h desta quinta-feira (25) no cemitério municipal.

Estudos recentes realizados pela Organização Internacional do Trabalho (OIT), mostraram que as atividades agrícolas, em especial a utilização de máquinas agrícolas, estão entre as três atividades mais perigosas para os trabalhadores, sendo que para cada três acidentes ocorrido no meio rural, um ocasionou a incapacidade permanente do trabalhador. A operação com tratores e equipamentos agrícolas são as que oferecem os maiores riscos de acidentes. Os acidentes de trabalho representam enorme importância social e econômica, estudos estatísticos têm demonstrado a gravidade deste problema, seja pela incidência de acidentes, seja pela idade dos acidentados, seja pelas suas consequências.

Infelizmente o pior aconteceu durante esse acidente, e a vida de uma jovem foi perdida. Desejamos toda a força do mundo para os pais e familiares, para enfrentar esse momento de grande perda.