Tragédia: menino de 4 anos morre após comer cachorro-quente em lanchonete e ser infectado por vírus

Um triste caso caso envolvendo uma criança de apenas 4 anos de idade, aconteceu nos últimos dias. A criança acabou perdendo a vida, após comer um cachorro quente, que é uma comida bastante popular aqui em vários culturas do mundo, e acabar se contaminado com um vírus que o matou em poucos dias. O menino dizia sentir muitas dores após comer o cachorro quente, e sua mãe então teve que levá-lo para um hospital.

Segundo informações da imprensa local, a criança foi identificado apenas como Elias, e morava na cidade de Salta, uma província que fica localizada na Argentina. A mãe da criança, ficou desesperada com toda a situação, e detalhou todos os sintomas que o filho teve antes de sua morte prematura.

Sandra Bautista conta que Elias comeu um cachorro-quente, em uma lanchonete da cidade de  La Merced, e começou a sentir dores de cabeça e vômitos após ingerir o lanche. Percebendo o estado em que o filho se encontrava, a mãe rapidamente o levou para uma unidade hospitalar local, e ele foi prontamente atendido por um médico, que prescreveu algumas medicações. Sandra acreditava, que o pequeno Elias ia se recuperar, mas infelizmente não foi o que aconteceu.

A criança de apenas 4 anos de idade, continuou sentindo fortes dores no estômago, e ainda continuava a fazer vômito e sofrendo com uma forte diarreia. Passado algum tempo, ele foi transferido para o Hospital Público Materno Infantil de Salta, mas acabou falecendo 4 dias depois, deixando sua mãe arrasada.

Em suas redes sociais, Sandra chegou a dizer que o filho havia sido contaminado com rotavírus e adenovírus, e acusou o dono da lanchonete de vender comida estragada para os clientes, já que esse vírus, geralmente se espalham através do consumo de comida mal cozida. A acusação da mãe se mostrou verdadeira, já que o hospital em que Elias se encontrava, confirmou que a criança havia sido acometida por um dos vírus.