Tragédia: Grave acidente entre caminhão e carro mata família inteira, Pai, Mãe e seus 3 filhos morrem na hora “Não sobrou nada, a dor é imensa”

Uma tragédia caiu sobre uma família inteira, na BR-364, no último dia 18. O acidente que matou 7 pessoas no Acre, aconteceu quando um carro, colidiu contra um caminhão na pista. Em um dos veículos (mais precisamente o carro), estavam o emendador de cabos Rony Sandro da Silva, 39 anos de idade, sua mulher Samirene Simão de 33 anos, e os filhos do casal: Ana Kevelkyn Simão, de 13 anos, Ane Kemellyn Simão, de 9 anos, E kaio Davi Simão, de 8 anos.

Conhecidos do casal contam, que Rony Silva desde 2014, dava aulas gratuitas de Taekwondo na capital Acreana, em um projeto social.

Flávio Gilberto Zanetty, de 58 anos de idade, e sua mulher, Marlene Alves da Silva, de 45 anos, também foram uma das vítimas fatais do acidente. Flávio era o motorista do caminhão, natural do Rio Grande  do Sul(RS), e sua mulher  Do Mato Grosso do Sul (MS),  mas o casal vivia em Rio Branco há 11 anos.

A família de Samirene conta, que ela tinha passado o domingo na casa mãe, em Vila Campinas, interior do Acre. A irmã de Samirene, Jakeline Simão, ainda estava muito abalada quando contou que, a última pessoa que teve contato com as vitimas, foi a mãe delas. “A família ficou destruída com a tragédia” conta Jakeline com grande pesar.

“Eles estavam voltando para casa quando o acidente aconteceu. A família está acabada, sempre procuramos nos encontrar. Eles são evangélicos, e não sabemos ainda o que pode ter acontecido”. Lamenta a irmã de Samirene.

Um amigo do soldador Rony, Leonardo Teixeira de trinta e um anos, contou em uma entrevista, que Rony costumava pegar a estrada constantemente, por que trabalhava em cidades do interior do estado. Leonardo recebeu a notícia da tragédia que acometeu seu amigo, através de notícias via Whatsapp.

“A gente começou a ligar para o celular da mulher dele, quando alguém do IML (Instituto Médico Legal) atendeu e nos informou sobre o acidente.  Uma tragédia. Rony era uma pessoa maravilhosa, um pai de família exemplar”, desabafou ele sobre a morte do amigo. A direção do hospital Huerb, informou que ainda há um paciente ferido pelo acidente. Ele passou por uma cirurgia no abdômen e segue estável.