Teste de vacina de covid-19 funciona e Pfizer pode produzir 1 bi de doses

Um estudo realizado pela multinacional farmacêutica Pfizer com uma vacina experimental que supostamente tem apresentado bons resultados em pacientes saudáveis. Os testes realizados com sua parceira no caso, a companhia de biotecnologia BioNTech apresentou resultados satisfatórios nos testes. 

No entanto, alguns pacientes apresentaram fortes efeitos colaterais após uma dosagem um pouco maior, como febre. Não foi realizado nenhum tipo de escolha especifica para efetuar os testes, simplesmente selecionaram 45 voluntários para realizar os testes.

Foi usado três doses diferentes da vacina experimental e também placebo, onde foram distribuídos entre os voluntários do teste. 12 pessoas receberam a dose de 10mg, 12 tomaram 30mg e 12 receberam 100mg da vacina e nove foram utilizados placebo para o teste. 

Os voluntários que receberam 100mg na dose teste, apresentaram efeitos colaterais, ressalvando a quantidade ideal para aplicação em humanos. 

Os cientistas encarregados do caso, informaram que alguns pacientes após uma segunda dosagem tiveram distúrbio do sono, porém nenhum dos efeitos colaterais necessitam de tratamento em hospital, ou seja não são graves. 

Na finalização do teste, o que foi apresentado é que a vacina realmente é um bom combatente do vírus, gerando anticorpos e em alguns casos até neutralizando a doença em si. No entanto a dúvida que ficou é se a vacina é capaz de gerar anticorpos suficientes para lidar com o vírus em todos os casos. 

Em breve a multinacional irá dar prosseguimento no estudo, alegando que os que recebem a vacina são 50% menos frágeis a contração do vírus covid-19.

Não foram divulgados dados mais específicos dos testes, como o efeito nas variações de gênero e idade, no entanto a notícia tem causado enorme esperança em muitas pessoas ao redor do mundo. 

Após a validação da eficácia da vacina, os teste serão realizados de forma massiva no EUA como prioridade pela atual situação do país, caso a doença seja contida a Pfizer irá produzir em escala global a vacina para salvar o surto da covid-19.