Renata Vasconcellos e Bonner fazem apelo comovente no JN, após invasão a Globo

A jornalista Marina Araújo foi feita refém por um rapaz armado que invadiu a sede da TV Globo no Rio de janeiro nesta quarta-feira, 10 de junho.

O homem que estava visivelmente descontrolado, teve essa identidade divulgada como Thomas Rainer ele solicitava todo instante a presença de Renata Vasconcellos apresentadora do Jornal Nacional.

Imediatamente a polícia militar foi acionada para comparecer ao local.

Com a ação do delinquente, o restante dos funcionários que lá estavam, foram colocados todos em segurança.

A todo tempo, Thomas assediava e beijar vá a cabeça de Marina Araújo, e sempre perguntando por Renata, que coincidente mente completou seus 48 anos de idade nessa mesma data.

Renata ao saber que o homem queria falar com ela, ela de imediato, mesmo estando bastante nervosa foi até o encontro de Thomas.

Ao ver a Renata, de imediato o homem liberal jornalista e jogou a faca no chão, e acabou sendo detido na hora pela polícia do Rio.

O clima foi bastante tenso, no momento em que o criminoso estava com Mariana em sua posse como refém.

Bonner e Renata, são constantemente ameaçados, tanto nas redes sociais como pessoalmente falando, logo a segurança de ambos será reforçada depois desse susto.

Mesmo com muita aflição, Renata Vasconcellos fez questão de apresentar o JN juntamente com William Bonner.

Outros jornalistas após explicar em tudo que havia acontecido, fizeram apelo comovente para a sociedade brasileira, confira vídeo logo abaixo: