Rachel Sheherazade é dispensada às pressas por Silvio Santos e proibida de dar o último adeus

Rachel Sheherazade deve deixar a bancada do SBT Brasil mais cedo, depois de hospedar o principal programa de notícias da estação por quase 10 anos, seu contrato que termina em 31 de outubro não foi renovado.

Os fãs de Rachel esperavam que a casa pudesse ser reformada com repórteres, mas infelizmente, o tão esperado acordo não foi fechado. Segundo o repórter Ricardo Feltrin.

Devido ao alto salário de Rachel, a obra de reforma não terá prosseguimento, que ultrapassará R$ 200 mil, para surpresa do público, Rachel foi expulsa do banco na noite de segunda-feira, 28 de setembro.

Mais de um mês antes do término de seu contrato, Rachel ficou furiosa e postou um vídeo em seu canal no YouTube com uma descrição detalhada do que aconteceu.

“Nosso contrato deve continuar até 31 de outubro daquele ano, mas o SBT me informou por e-mail que a partir de hoje na segunda-feira, 28 de setembro, não precisarei mais voltar para a emissora, e Rachel disse no início do filme : “Agora é o SBT Brasil”.

Rachel aproveitou para alfinetar a emissora e dizer que, devido ao tempo de casa, não gostaria de sair à francesa ela agradeceu aos fãs por acompanhar a trajetória.

A emissora afirmou que este não seria “último capítulo”, mas sim um novo, cheio de expectativas, sonhos e desafios, Rachel chegou à São Paulo Radiodifusora da filial da Estação de Televisão da Paraíba (Tambaú) no início dos anos 2000.

Que começou a operar no início dos anos 2000, qualquer medo, a informação foi divulgada pelo colunista Flávio Ricco da R7, e a Notíciasda TV confirmou a notícia e disponibilizou a fonte do site, a reportagem que se pretendia é que o SBT afirmasse: “Por motivos contratuais, não será refletido”.