Programa de Rodrigo Faro é interrompido após acidente; ambulância e bombeiros são chamados às pressas

Rodrigo Faro, está no comando do programa musical Canta Comigo, na rede Record, desde o falecimento repentino de Gugu Liberato, que era o apresentador do programa.

Segundo informações, Rodrigo Faro, teve que interromper as gravações do programa, após uma acidente envolvendo a produtora do programa, acontecer durante as gravações. De acordo com informações do portal Na Telinha, do UOL, a produtora caiu de um palco, e precisou de auxílio médico imediatamente.

O repentino acidente da produtora, precisou da mobilização da equipe do programa, que teve que suspender sua atividades para prestar socorro a elas. Rodrigo, que estava prestes a iniciar a gravação, interrompeu as filmagens na hora, e também foi acompanhar a produtora.

Parece que a produtora do programa, se desequilibrou enquanto orientava os jurados do programa, e acabou caindo de uma altura de aproximadamente 1,5 metros. O apresentador do programa, entrou em pânico por causa do acidente, a acompanhou a colega de trabalho até a saída dela do local.

A produtora foi levada até o hospital mais próximo do estúdio, em São Bernardo do Campo. “É importante frisar que no estúdio nós contamos com cones e faixas de limitação sempre que não estamos gravando, seguindo todo nosso protocolo de segurança. A produtora foi prontamente atendida pela equipe médica e bombeiros que acompanham todas as gravações, onde foi prestado o socorro no local, sendo retirada do estúdio de maca e pela ambulância, que está sempre à nossa disposição no estúdio”, disse a empresa responsável pela produção do programa.

“A produtora foi prontamente atendida pela equipe médica e bombeiros que acompanham todas as gravações, onde foi prestado o socorro no local”, continuou a nota da Endemol Shine Brasil. A produtora parece seguir bem e está desperta no hospital, seguindo em recuperação. Ela foi submetida a exames de Raio-x e outros exames para tentar descobrir alguma possível fratura, mas os resultados ainda não foram divulgados.