Professora que levou cinco tiros durante ataque em escolas de Aracruz acorda do coma e reconhece família

A professora Degina Rodolfo de Oliveira Fernandes, de 37 anos é uma das vítimas do terrível ataque as escolas na região de Aracruz, no Espírito Santo. A mesma levou cinco tiros, e chegou a ficar em cima, o atentado foi planejado por um adolescente de 16 a nós que confessou tudo, uma verdadeira chacina, que deixou todos no Brasil chocados.

LEIA TAMBÉM:  Juliana Paes surge com barriga de grávida e fazendo ultrassom; Paloma Duarte reage: ‘se divertindo muito’

4 pessoas faleceram vítimas deste atentado e outras 12 ficaram feridas, algumas em estado grave, um dos casos críticos era desta professora. Felizmente a mesma conseguiu acordar do cima, ela inclusive reconheceu seus familiares, um momento de grande emoção para todos da família.

Leandro Fernandes é o marido da vítima, ele esteve ao lado dela o tempo todo, tem sido complicada a luta da esposa mas se teve um sinal positivo. Ele disse que não sai do lado dela, e apesar de estar entubado, a mesma tem interagido, mexendo as pernas e com os olhos abertos lembra ele.

LEIA TAMBÉM:  Ana Maria Braga tem crise no Mais Você após nome de jogador fazer referência a palavrão

A professora segue internada no hospital Dr. Jayme Santos Neves, na região da Serra. Leandro contou que sua mulher está entubada pois ainda respira com muito dificuldade, porém está otimista e tem fé em sua recuperação.

Amigos da professora entre familiares e colegas, todos tem se mobilizado para ajudar elas receber Angus, as doações são fundamentais. A professora é uma mãe batalhadora, mãe de gêmeos e um bebê de apenas 8 meses de idade.

LEIA TAMBÉM:  Filha de Fafá de Belém pede por ajuda após enfrentar tragédia: ‘Precisamos urgentemente’