Prior vai processar Nego Di após humorista citar que ele deveria estar preso pelo crime de estupro

Prior ficou bastante conhecido, por ser um dos participantes mais ousados e polêmicos do Reality Show da TV Globo. Na edição passada, sua eliminação causou uma grande guerra nas redes sociais, principalmente após supostas tentativas de estupro por parte do ex-brother terem sido reveladas durante conversas.

Felipe Prior, recentemente participou de uma gravação do programa de Podcasts Flow, e declarou que irá levar o também ex-brother Nego Di a justiça, após o mesmo ter declarado coisas a seu respeito dentro da casa, de maneira nada satisfatória para Felipe. Durante uma conversa com outros brothers, Nego Di falou a respeito de ex participantes do programa, que cometeram crimes, mas mesmo assim voltaram com a vida ao normal e não foram cancelados.

O humorista citou os possíveis casos de estupro, e afirmou não acreditar na inocência de Prior. O acusado ficou realmente muito irritado com as citações de Nego Di, e decidiu partir pra cima dele, com um processo judicial. Durante a conversa, o arquiteto disse que já encaminhou as conversas do humorista para seu departamento jurídico, e que um processo contra Nego Di pode começar a correr em breve.

Quando foi eliminado do programa, Felipe Prior acabou se tornando réu acusado pelo crime de estupro. A denúncia foi iniciado pelo Ministério Público, mas foi encaminhado ao Tribunal de Justiça de São Paulo. Prior foi acusado de estupro por três mulheres segundo o documento do processo. Um caso teria ocorrido no ano de 2014, outro em 2016, e uma suposta tentativa no ano de 2018.

Após os tramites do processo, a Delegacia de Defesa da Mulher da cidade de São Paulo, conclui que Prior era inocente, e ele foi absolvido. Felipe Prior foi com certeza um participante histórico do Reality, fazendo uma das votação histórica no paredão, com mais de 1,5 bilhões de votos. Por outro lado temos Nego Di, com a segunda maior rejeição da história do programa, com mais de 98% de reprovação por parte do público.