Polícia prende homem que atirou no ator Gerson Brenner em 1998

A polícia prendeu o açougueiro Luzimar Sabino dos Santos, de 30 anos, em São Paulo, em janeiro deste ano, que fugiu da prisão de Itirapina, no interior de São Paulo.

Cumpria pena em regime de semiaberto na tarde desta segunda-feira, em 17 de agosto de 1998, ele foi condenado por atirar no ator Gerson Brenner em uma tentativa de assalto na Rodovia Presidente Dutra.

A qualidade do cérebro do ator piorou e sua fala e movimentos foram prejudicados. Brenner tinha apenas 42 anos na época do crime e foi atacado enquanto trocava o pneu de um carro.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, a polícia recebeu uma denúncia anônima afirmando que o Jardim Robru, na zona leste de São Paulo, era culpado de fugitivo.

A polícia verificou a denúncia e encontrou um homem com as mesmas características do criminoso procurado, percebendo que o veículo se aproximava, o açougueiro tentou fugir.

Mas foi capturado e levado para a 67ª Delegacia do Jardim Robru, o delegado Antonio Fernando Paparela confirmou que era foragido e o homem foi acusado de atirar no ator.

O tiro de Luzimar passa pelo cérebro esquerdo do ator, Gerson Brenner dirigiu de São Paulo ao Rio de Janeiro para gravar na TV Globo. Brenner gravará o último capítulo do romance Corpor Dourado.

Luzimar estava cumprindo pena em regime semipública e foi considerado culpado de tentativa de roubar o homem e, como resultado, atirou nele, o ladrão escapou da prisão em janeiro.