PM Baleado na cabeça choca o país, infelizmente Cabo Cardoso perdeu a vida servindo a população

Está circulando nas redes sociais e se espalhando rapidamente um vídeo sobre a morte de um cabo da Polícia Militar que enfrentou dois bandidos que atacaram a loja Casa & Vídeo de Mesquita, mas atacou um deles.

Os bandidos foram surpreendidos mortalmente e fugiram do local, este fato chocou a todos, que ficaram chocados com a imagem de um pobre pai de família atropelado por criminosos.

Que desempenhava implacavelmente o papel de defensor da sociedade, Cabo Cardoso tem mulher e dois filhos, infelizmente, eles tiveram que crescer porque seu pai foi baleado e morto por bandidos que tentavam proteger o povo.

Eles com certeza vão seguir Um grande modelo de herói, mas, infelizmente, eles terão que suportar a dor da perda e crescer sem pai, o motivo de tanta resistência nas redes sociais é que a mídia falhou em agir como a pessoa que morreu no Carrefour.

Porque Cardoso era um homem branco e trabalhador, ele estava no papel de militar quando foi brutalmente assassinado. Mas, infelizmente, nos jornais brasileiros, esse tipo de comoção só ocorre quando o caso é revertido.

O que deixa as pessoas muito revoltadas, isso tem sido discutido nas redes sociais sobre o assunto, esperamos que, ao continuarmos nossa busca, possamos pegar esses bandidos e pagar o preço por este terrível crime que cometeram.

Muitas pessoas prestam homenagem ao policial que deu sua vida para defender os outros, um modelo digno de ser seguido e que inspira muitos policiais que estão iniciando a carreira.

Devido à morte de dois cabos, 53 agentes da segurança pública foram mortos no Rio de Janeiro em 2020, incluindo 39 policiais militares, 2 policiais federais, 3 bombeiros, 4 policiais civis, 2 da Marinha e 2 da Secretaria de Administração Penitenciária Polícia Criminal e um Policial do Exército.