Playboy que torturou mecânico por causa de dívida de R$ 500 foi preso em Cuiabá!

Um vídeo produzido pela TV cabo-verdiana mostra o momento da prisão de Gustavo Henrique Albues, 20 anos, torturador por um mecânico na Tangalada Serra.

Ele foi preso por policiais civis em um hotel em Cuiabá na manhã desta terça-feira dia 8 de dezembro, Gustavo apareceu com a cabeça raspada para não ser reconhecido, mas agrediu o mecânico por ficar devendo 500 reais.

O torturador ainda quebrou a garrafa de cerveja na cabeça da vítima, esta tortura foi filmada por outros, o vídeo acabou se tornando popular nas redes sociais e deve ser usado como prova contra Gabriel.

A transmissão de áudio em redes sociais e grupos de WhatsApp foi ameaçada, ameaçando Gustavo Henrique Albues, de 20 anos, e Jonny Marlon Camargo de Souza, de 22.

Respectivamente, para torturar um homem na Tangaráda Serra (251 quilômetros da capital) Mecânico, condado, depois que as imagens do crime foram postadas na internet no último sábado dia 05.

O caso causou grande repercussão e apelo social, de acordo com o áudio, a equipe está organizando uma “vingança” pelo medo do mecânico, Um homem disse: “… quero afundar seu crânio a ponto de te dar um tapa na cara.”

Diz-se que na “Sequência”, segundo aquela frase, outra pessoa começou: “Júnior, ontem íamos buscá-lo, né? Aquela menina fez uma maquete para essa menina azul (Gustavo), sabe? “

“Gustavo, irmão, olha aqui, vamos dar um jeito de nos encontrarmos, eu, você, alguns irmãos do grupo, Johnny e irmãos da oficina, vamos conversar juntos, sabe lá? Esclareça esses pensamentos, espero que meu irmão não desapareça, sabe?

Se você desaparecer, nós te encontraremos, então é melhor esclarecer esses pensamentos logo, senão você pode até ganhar o “decreto”, sabe? 1, Não há informações oficiais que indiquem que esses áudios sejam, na verdade, prisioneiros, mas a polícia não descartou essa possibilidade porque algumas ameaças surgiram após a divulgação do vídeo.