Piora estado de saúde do prefeito de S. Paulo, equipe médica se pronuncia e o Brasil entra em oração

É do conhecimento da maioria, que o prefeito da cidade de São Paulo, Bruno Covas,  havia sido diagnosticado com um câncer na região da cárdia, situada entre estômago e esôfago, e ainda apresenta metástase em outras regiões do corpo. O que sabe agora, é que Covas, teve uma piora em seu quadro clínico, e teve um novo diagnóstico nada animador. Acontece que seus pulmões parecem estar contendo líquido, e isso preocupou a equipe médica.

A assessoria de imprensa do prefeito, ainda revela que Covas, foi submetido a uma suplementação nutricional para que fique apto para o novo tratamento contra o câncer. O prefeito da principal cidade do país foi internado na última quinta-feira (15). Na oportunidade, o parlamentar realizava exames de controle, quando foram descobertos novos focos de tumores no fígado e nos ossos.

A equipe médica responsável pelo tratamento do político, revela que ele poderia dar continuidade no tratamento em casa, mas que  depois de sua internação, exames apontaram a presença de líquido nos pulmões, e ele teve que permanecer na unidade saúde. O surgimento do líquido, se dá pelo fato da existência de nódulos no fígado. Bruno covas, já foi submetido a um tratamento para drenar o líquidos dos pulmões.

 

“Mas houve este fato novo: a inflamação causada pelo tumor, provavelmente do que se localiza no fígado – causou acúmulo de líquido no abdômen e nos pulmões, especificamente entre as pleuras”, detalhou o médico David Uip. Em suas redes sociais, o prefeito não deixou de agradecer a toda força que vem recebendo. “A luta continua e o trabalho não pode parar. O apoio e o carinho que recebo todos os dias me dão cada vez mais força. Seguirei como sempre: de cabeça erguida e cumprindo, junto com minha equipe, nossos compromissos com São Paulo”, disse ele em suas redes sociais, que felizmente está sendo bem acompanhado em seu tratamento.