Pelé passa Natal anestesiado e ao lado da família; médicos tomaram decisão importante

O Brasil está em oração por Edson Arantes do Nascimento. Até quem não gosta de futebol conhece Pelé e tem acompanhado os últimos dias do Rei. Pelé segue internado em um hospital de São Paulo. Boletim médico divulgado na quarta-feira mostra que o câncer de cólon progrediu.

Pelé foi diagnosticado com a doença em setembro do ano passado. A doença não estava em estágio inicial. Pelé iniciou quimioterapia, mas o tratamento não está mais respondendo. No Hospital Albert Einstein, ele passa por tratamento paliativo.

LEIA TAMBÉM:  Bolsonarista, Leonardo é vítima de bloqueio antidemocrático dos caminhoneiros que assola o Brasil

Pelé está anestesiado

O tratamento paliativo tem como principal função evitar que o paciente sofra com as dores causadas pela doença. Pelé está anestesiado, conforme informou reportagem do UOL. O Rei Pelé tem 82 anos e está acompanhado dos filhos e da atual esposa no hospital.

O hospital não divulgará boletim médico neste sábado (24), véspera de Natal. A não divulgação do boletim na sexta-feira causou comoção nas redes sociais. Vídeo dos bastidores da Vila Belmiro, estádio do Santos, deixou internautas ainda mais preocupados e com medo de que Pelé tivesse morrido.

LEIA TAMBÉM:  Berço de luxo e look estiloso do filho de Claudia Raia impressionam, e bebê tira um soninho gostoso

Pelé passa Natal ao lado da família

Os médicos de Pelé decidiram não divulgar boletim médico neste sábado. Pelé está internado desde o fim de novembro e a divulgação dos boletins nunca foi diária. No hospital, o Rei passará o Natal ao lado dos filhos. Edinho, que trabalha como treinador do Londrina, foi do Paraná para São Paulo. As filhas de Pelé e Márcia Aoki, sua atual esposa, estão no local diariamente. Kely postou uma foto abraçando o pai na noite de sexta para acabar com rumores de morte de Pelé.

LEIA TAMBÉM:  Sem papas na língua, Arthur Aguiar responde se está no grupo de WhatsApp com ex-BBB‘s