Paramédica de apenas 23 anos estala o pescoço e sofre AVC; entenda os riscos

O mais comum, é que problemas cardíacos, como infarto ou derrame, acometam pessoas com idades mais avançadas. Mas o que muitas pessoas não sabem, é que pessoas mais jovens, também podem passar por esses graves problemas também. A  jovem paramédica Natalie Kunicki, de apenas 23 anos, entrou para a estatística de pessoas jovens que foram acometidas por problemas cardíacos, devido a alguns fatores chave.

Algumas pessoas, ainda insistem em praticar aquela velha mania de estalar o pescoço, mas o que elas não sabem, é que esse velho e nocivo hábito, pode causar até mesmo um AVC, como no caso de Natalie, que acabou sofrendo ainda tão jovem, o Acidente Vascular Cerebral.

Tudo aconteceu, quando a jovem havia retornado para sua casa, após uma festa com os amigos. Ela se deitou na cama, e para relaxar o corpo, estalou seu pescoço, e no mesmo momento, sentiu que havia perdido o movimento na perna esquerda. “Eu tentei andar até o banheiro e estava balançando toda. Olhei para baixo e percebi que não estava mexendo minha perna esquerda, aí caí no chão”, contou a jovem. No momento em que tudo aconteceu, ela disse não acreditar que estaria sofrendo um AVC.

Natalie trabalha no serviço de ambulâncias Britânico, e por isso sentiu vergonha em chamar os socorristas. Mas para sua sorte, ela pegou o telefone e acionou o serviço, que realizou todos os procedimentos necessários e a levou até o hospital.

Após o atendimento, ela soube de seu real estado de saúde. Natalie descobriu que tudo havia acontecido, quando ela acabou rompendo uma artéria ao estalar o pescoço. O rompimento  criou um coágulo de sangue que provocou um derrame, causando paralisia no lado esquerdo do corpo de Kunicki. Não é de agora, que especialistas em saúdem, pedem para as pessoas não cometerem esse tipo de ação prejudicial o corpo, e o caso de Natalie só nos mostra o por que disso.