Ministro do TSE, que pode cassar a chapa de Bolsonaro-Mourão, manda duro recado ao presidente

Nos últimos tempos, o atual presidente da república Jair Messias Bolsonaro – sem partido, enfrenta, e provavelmente enfrentará diversos problemas, no decorrer do seu mandado.

Um desses problemas são as dezenas de pedidos de impeachment que já foram protocolados pelo TSE – Tribunal Superior Eleitoral.

O próprio TSE poderá jugar a chapa de Bolsonaro – Mourão.

Luís Roberto Barroso, o atual presidente do TSE, falou nesta segunda-feira, 15 de junho de 2020, em relação ao julgamento que ocorrerá devido as denúncias envolvendo o disparo de diversas mensagens falsas, ocorridas no segundo turno das eleições de 2018.

Ele concedeu uma entrevista ao programa da TV Cultura, “Roda Viva”, no qual Luís Roberto Barroso vai direto ao ponto ao mencionando o julgamento, que no caso ele será o responsável por comandar.

Ele foi bem objetivo ao mandar um recado para Bolsonaro en rede nacional.

Conforme disse Barroso, ele não se sente com uma faca no pescoço, em relação ao julgamento, após não pretende perseguir, defender, ou mesmo proteger o presidente, logo ele fará a execução do mesmo de forma profissional.

“Onde estiver nessa vida faço a coisa certa, de modo que no Superior Tribunal Eleitoral não há nenhum risco de um presidente ser perseguido, nem tão pouco há risco dele ser protegido. Nós faremos o que há certo dentro do direito”, garantiu.

Sem citar nomes, Luís Roberto Barroso contou que um dos membros do governo perguntou a ele se Jair Messias Bolsonaro deveria se preocupar com o julgamento no TSE.

“Eu disse: Só se tiver feito alguma coisa errada”.