Menino de 3 anos é achado morto em apartamento; mãe suspeita do crime é presa

Mais um triste caso de violência contra crianças, aconteceu nesta semana. Acontece que neste início de semana no bairro de Bela Vista, na Região Central de São Paulo, uma mulher está sendo investigada por ter cometido agressões contra o próprio filho. O pequeno Gael Freitas Nunes, de apenas 3 anos de idade, chegou a ser levado para uma unidade hospitalar, mas acabou não resistindo e veio a óbito.

A equipe do SAMU, acionou a polícia militar imediatamente, que informa que apurações preliminares dão conta que a mãe teria sofrido um surto psicótico. No boletim de ocorrência registrado, há relato que o menino foi encontrado desacordado pela tia-avó. No momento do ocorrido, a mãe de Gael estava com ele.

No momento do ocorrido, a tia-avó do garoto, estava presente no apartamento, e disse que ele havia tomado uma mamadeira às 7:00h do dia de ontem (10/05), e que após isso, eles dois começaram a assitir televisão. Alguns minutos depois, o garoto foi até a cozinha, e a tia-avó ouviu o choro da criança, mas pensou que fosse apenas a criança querendo o colo da mãe.

 

Aproximadamente cinco minutos depois, ela começou a ouvir batidas na parede, mas logo pensou que fosse do apartamento vizinho. Entretanto, ela ouviu o barulho de vidro caindo na cozinha, e foi até lá. Chegando lá, encontrou o sobrinho caído no chão, coberto por vômito e uma toalha de mesa. Desesperada, ela perguntou para a mãe de Gael sobre o que teria acontecido, mas ela nada disse.

O pequeno Gael de apenas 3 anos de idade, foi dado como morto após sofrer uma parada cardiorrespiratória, logo após ser encaminhado para o Hospital Santa Casa, pela equipe do Samu.  A mulher, de 37 anos, que ainda não teve identidade confirmada,  prestou depoimento na 1º Delegacia de Defesa da Mulher, no Cambuci, por volta da meia-noite, e às 5h30 foi levada para o 89ºDP, no Portal do Morumbi.