Médica de 38 anos morre vítima da Covid-19 em casa e família fica desolada: ‘Difícil de acreditar’

A pandemia de coronavírus colocou outra vítima na linha de frente do combate à doença, Ana Paula Rodrigues Alves, 38 anos, médica de Rio Preto, interior de São Paulo.

Morreu na última quarta-feira dia 30 de dezembro após complicações da doença, segundo informações divulgadas pelo hospital privado em que trabalhava, a profissional ficou isolada e faleceu em casa.

O serviço hospitalar emitiu carta expressando condolências à família de Ana Paula e destacando o seu destacado profissionalismo e contribuição para a saúde.

O despertar de Ana Paula aconteceu na manhã do dia 31 no Cemitério Jardin da Pas e posteriormente foi sepultado no mesmo local, devido à morte de Covid-19, a cerimônia foi restrita e rápida.

A notícia da morte de Ana Paula surpreendeu todos os familiares e amigos do médico. Nas redes sociais, são inúmeras as homenagens aos jovens profissionais da saúde.

É difícil de acreditar Ana, que você descanse em paz e encontre um caminho brilhante ao lado do Senhor, em outro plano, você ficará cheio de alegria e um sorriso brilhante.

Obrigado por sua contribuição para o nosso trabalho, o amigo da vítima disse : “Os meus sentimentos pela minha família … muita tristeza. ” Fernando Araújo, ex-Ministro da Saúde da Prefeitura Municipal de Rio Preto.

Também homenageou seus amigos e expressou solidariedade aos familiares do médico pela perda de um ente querido, Fernando Araújo disse: “A Covid levou mais uma joia, que é um presente de Deus a Ary Rodrigues Alves Junior e a Vera”.

Ana Paula chegou a usar as redes sociais para lembrar aos amigos do perigo da doença muitas vezes na primeira linha de ação de combate ao coronavírus, e sempre os aconselhava a ficar em casa.