Maju Coutinho é massacrada nas redes sociais após ser atacada por Jair Bolsonaro

O presidente Jair Bolsonaro, como de costume, com um triste habito atacar as emissoras brasileiros, mais uma vez atacou a emissora rede Globo de Televisão, que ele acredita ser sua arque-inimiga com a missão de tirar-lo do poder.

Lodo depois de Bolsonaro chamar os jornalistas de “bund*es” e mais uma vez ameaçar e agredir um repórter, o presidente, resolveu atacar a âncora do “Jornal Hoje” a apresentadora Maju.

Na manhã desta última terça-feira dia 25 de agosto, a jornalista da TV Globo ficou em primeiro lugar nos assuntos mais comentados nas redes sociais com a hashtag “MajuMentirosa”.

Ocorreu tudo isso porque Bolsonaro compartilhou parte de uma reportagem apresentada no “Jornal Hoje” que foi ao ar nesta segunda-feira dia 24 de agosto, afirmando que a rede Globo, como sempre dando noticias mentirosas sobre ele.

Maju Coutinho, durante a apresentação do Telejornal, afirmou que o presidente e várias autoridades que estiveram no evento “Vencendo a Covid-19”, nenhum prestou homenagem às 115 mil vítimas fatais da doença causada pela doença do novo coronavírus.

Bolsonaro em seu discurso no evento não fez menção as vitimas fatais e seus familiares, aproveitou a oportunidade para atacar mais uma vez os jornalistas, diante da indiferença do presidente uma médica que estava presente se manifestou.

A médica pediu um minuto de silêncio para todas a vítimas da doença, em suas redes sociais Bolsonaro usou este trecho em que a médica pediu que uma homenagem fosse feita, para rebater Maju Coutinho.

Afirmando que houve homenagem aos mais de 115 mortos. Confira a repercussão nas redes sociais: um internauta relatou em sua publicação “A Globo, como sempre, mentindo a meu respeito: “nem Bolsonaro, nem as autoridades do Governo presentes prestaram solidariedade às vítimas e seus familiares.”