Mãe vê filha morta em acidente, pede policial para se afastar: ‘disse que iria pedir a Deus para levá-la’, e morreu logo em seguida

Atualmente vemos diversas notícias em nossas redes sociais, na maioria das vezes são fatalidades, acidentes e luto.

Muitos acidentes são registrados em rodovias brasileiras todos os dias, dando a entender a dificuldade de locomoção pela falta de investimentos em infraestrutura das estradas

E foi justamente um acidente com detalhamento impressionante que deixou os policiais intrigados e ganhou a mídia, porém foram chamados para a ocorrência, quando sofreram um acidente na MGC-418, próximo ao perímetro urbano da cidade de Teófilo Otoni, localizada no interior de Minas Gerais a cerca de 445 quilômetros de Belo Horizonte.

LEIA TAMBÉM:  Infarto, cadeira de rodas e dificuldade para respirar: como está hoje Carlinhos Vidente é de partir o coração

Um carro que era dirigido por um motorista de apps acabou saindo da pista e perdendo o controle colidindo com outro veículo, infelizmente tivemos fatalidades, o motorista estava transportando mar e sua filha no carro no momento do acidente, e a polícia relatou o que havia aconteceu e surpreendeu a todos.

Segundo o PMR, Luciana Pessoa Fialho Vieira, 53 anos, morreu na hora. A mãe, Derly Pessoa Fialho, 85 anos, estava viva e lúcida quando a polícia chegou, sabia que a filha estava morta, foi então que pediu que se afastassem, “porque ia pedir a Deus que a levasse”, e morreu então, disse à polícia que estava prestando socorro no local.

LEIA TAMBÉM:  Bruna Marquezine anuncia que está morando com Xuxa Meneghel; atriz está sem casa

O acontecimento comoveu muita gente e dividiu opiniões nas redes sociais, aliás a senhora continuou viva, mas já tinha percebido que a filha tinha morrido, foi aí que pediu com muita emoção aos policiais presente que se afastassem, pois rezava para que fosse levada com sua filha, uma história muito assustadora.