Mãe confessa que matou o filho de 11 anos e caso deixa o Brasil perplexo

Jovem de apenas 11 anos foi morto por asfixia mecânica, informações que constam no laudo do posto médico-legal de Planalto, cidade onde ocorreu o crime.

Na ultima segunda-feira dia 25/05, em seu depoimento Alexandra Dougokenski mãe de Rafael havia dito que o jovem de apenas 11 anos morreu após ingerir diversos remédio para ficar mais calmo.

Após o delegado Joerberth Nunes dar inicio as investigação, Alexandra acabou confessando o crime e revelou o local onde havia deixado o corpo de seu filho.

Em seu depoimento a mãe do jovem disse que havia dado 2 comprimidos de diazepan para o filho e depois de algumas horas foi verificar como o filho estava e acabou encontrando ele morto, Joerbeth acabou desconfiando da versão da mãe.

 

Segundo a policia, Alexandra ao encontrar o filho logo deduziu que ele estava morto, e não desmaido, a mãe de Rafael enrolou o corpo do filho em um lençol, amarrou com alguns fios e arrastou seu corpo até a casa vizinha.

Nesta manhã do 26/05, a Polícia Civil investigava o caso a todo vapor, verificando qualquer pista deixada no crime, e se há mais pessoas envolvidas no crime.

A mãe acabou não aguentando e deu todos os detalhes do crime, e revelou informações a policia onde havia deixado o corpo de seu própio filho.

“A motivação do crime é uma incógnita, até o momento, todos os depoimentos coletados, nenhum indica qualquer desavença dessa mãe com esse filho, isso torna o caso ainda mais complexo, mas certamente a Polícia Civil vai responder todas as perguntas“, disse o delegado Joerberth Nunes responsável pelo caso ao portal G1.