Luto na Globo: Acaba de morrer aos 77 anos Ator Cecil Thiré e amigos e familiares ficam sem acreditar “Descanse em paz”

O ator e diretor carioca Cecil Thiré morreu aos 77 anos na sexta-feira dia 9 de outubro no Rio de Janeiro, segundo informações do jornal O Globo, a causa da morte não foi revelada.

Thiré, que é filho da atriz Tônia Carrero e do artista plástico Carlos Arthur Thiré, ficou conhecido na TV brasileira por papéis em novelas de sucesso como “Roda de Fogo”, de Lauro César Muniz, em 1987, “Top Model”, de Antônio Calmon e Walther Negrão.

Em 1989, e “A Next Vítima”, de Silvio de Abreu, em 1995, quando interpretou o famoso assassino Adalberto, a artista dirigiu ainda filmes como “Os Mendigos”, em 1962, e “O Diabo Mora no Sangue”.

E em 1967, além de diversas peças, incluindo “A Noite dos Campeões”, de Jason Miller, em 1975, que rendeu ele o prêmio Molière de melhor direção, Trabalhou com a mãe em “Sassaricando”.

Novela, gravada entre 1987 e 1988, na qual trabalhou como diretor e ela como atriz, o título está sendo reproduzido no canal Viva, o ator enfrentou complicações causadas pela doença de Parkinson durante anos.

Piorou sua condição após a morte de sua mãe em março de 2018, Cecil Thiré deixa sete netos e quatro filhos, “ele mereceu ter o velório mais lindo do mundo, rodeado de pessoas que ele ama, que o amaram desde sempre.

Papai era um guerreiro, ele lutou pela democracia, pela arte, ele lutou pelo teatro, ele teve quatro filhos, sete netos e foi um guerreiro até o último minuto, se tem céu, ele e minha avó estão juntos agora ”, disse a filha do ator Luisa Thiré, em vídeo compartilhado com familiares e amigos.

O ator Marcelo Serrado também homenageou o amigo, “O Cecil foi uma das primeiras pessoas a acreditar em mim, bem no início da minha carreira, fizemos a peça ‘O protagonista’ juntos, eu interpretei seu filho, obrigado por tudo ”, escreveu ele.