Lembra do Maníaco do Parque? Preso, ele passa o tempo fazendo crochê e tricô, e tem medo de pegar Covid-19

Francisco de Assis Pereira conhecido como o maníaco do parque no país inteiro, mas hoje, aos 52 anos de idade, está preso na penitenciária de Iaras, no interior de São Paulo e passa a maior parte fazendo tricô. Ele ficou conhecido por causa da sua infância traumática, com traumas sexuais, por sua tia materna que o molestava sexualmente.

Francisco foi preso no dia 4 de agosto de 1998. No mesmo ano ele atacou 16 pessoas no Parque do Estado, Zona Sul da capital paulista. Ele pegou uma pena de 280 anos de prisão por matar sete mulher e estuprar e roubar mais nove mulher.

Mas já adulto ele  foi seduzido pelo seu patrão, que deu inicio ao interesse por relações homossexuais, e por uma gótica que teria quase arrancado seu pênis com uma mordida, com isso fez com que ele tivesse medo de perder seu membro viril.

Antes dos crimes ele monstro seu outro lado, Thayná, uma travesti que viveu mais de um ano, constantemente apenhava de Francisco com socos no estomago, exatamente como algumas mulheres que sobreviveram relataram. Por conta de seu estilo gótico de vida, sofria de dispareunia, dor presente no sexo, causava frustração.

De acordo com os agentes penitenciários francisco fica muitas horas sozinho no patio do pavilhão 3, quieto e cabisbaixo sem interagir com os outros presos. O maníaco do parque hoje ele passa seu tempo fazendo tapetes, toalhas graças a esse seu trabalho ele vem ganhando algum dinheiro vendendo seu artesanato para os familiares dos outros presos.

Francisco foi até dado como morto numa rebelião de presos em dezembro de 2000,mas apesar de sua seres de desencontros, a direção da cadeia confirmou que Pereira  estava vivo. Francisco diz que se considera uma pessoa normal, e que ele esta vivo pela sua fé. Esse caso foi o mais lembrado entre os brasileiros entre 2004 á 2006, com um índice de 76% dos assassinatos em serie.

No entando com o inicio dessa pandemia causada pelo coronavírus, teve que parar com suas atividades como fazer sapatilhas, e roupas para bailarinos, e para não ficar sem produzir o maníaco do parque recorreu ao artesanato até as coisas voltarem ao normal.

Os agentes penitenciários disseram de Francisco não tem amigos, e prefere ficar o tempo todo isolado, lendo sua bíblia diariamente, frequenta cultos e volte meia faz orações com os braços erguidos e com as voz baixa. Por ser sendentário, ficou obeso pesa 100kg.