Jornal Nacional dá a notícia mais triste da semana; é de chorar

William Bonner e Renata Vasconcellos são os informante mais conhecidos do Brasill, ministram o Jornal Nacional diariamente trazendo notícias do mundo todo a todos os brasileiros. Na última terça-feira dia 23, poderia ter sido mais um dia comum no Telejornal, porém houve uma notícia preocupante.

Com a pandemia do coronavírus muitos jornais se uniram para dividirem informações mais precisas sobre o caso e manterem os dados frequentemente atualizados, jornais como G1, Folha de São Paulo, Extra e O Globo fazem parte desta união.

Que a doença da covid-19 veio para nos ensinar muitas lições e expor muitas fraquezas de nosso país isso não é novidade. No entanto, os dados de vítimas e infectados estão aumentando drasticamente todos os dias, e foi sobre isso a noticia que Renata foi incumbida de dar aos brasileiros.

Renata atualizou os dados sobre o coronavírus e divulgou a todos alertando sobre o estado grave em que estamos passando. Após a apuração dos dados, informaram que o número de vítimas oficiais da doença subiu para 52.771 casos, sendo que 1.364 óbitos foram apenas nas últimas 24 horas, foi o segundo maior dia de vítimas já registrados desde o inicio da pandemia.

O sistema de saúde está totalmente sobrecarregado, não tendo testes para toda a população suspeita e mesmo sabendo deste “Furo” entre os números de infectados, os casos já ultrapassam 1.1 milhões de confirmados, nas últimas 24 foram registrados mais de 40 mil infectados pelo vírus.

Muitos especialistas estão trabalhando para manter os casos cada vez mais precisos e muitos informam que o Brasil ainda não atingiu o pico da doença. No entanto, nas estatísticas globais o Brasil se encontra em segundo na quantidade de casos confirmados e óbitos, atrás somente dos Estados Unidos que somam mais de 100 mil mortos pela doença e 2,3 milhões de diagnosticados com o vírus.

Muitos governos estão com medidas drásticas para conter a doença, protegendo-se da melhor forma possível para proteger sua população, o que o ministério da saúde informa é a necessidade de respeito em relação as medidas de segurança impostas pelos governantes e prefeituras, por que somente desta forma iremos conseguir passar por esta tormenta gerada pela pandemia.