João Vicente se pronuncia sobre Sarah após declarações sobre Bolsonaro no BBB21: “Acabou o amor”

Sarah, era uma das participantes mais queridas do Big Brother Brasil 2021, principalmente para o ator João Vicente, que nutria uma sentimento de carinho e afeto pela brother, constantemente demonstrados nas redes sociais.

João Vicente, iniciou uma brincadeira, que foi se tornando um pouco mais séria, entre seus seguidores no Twitter. O ator, declarava muito carinho a Sarah em suas postagens. Em uma delas, ele chegou a dizer o seguinte: “Acordei com um incômodo, comi, não era fome. Chorei, não era tristeza. Tirei a temperatura, não era febre. Começou o #bbb21 descobri que era saudade da Sarah”.

Essas brincadeiras saudáveis, deixavam os seus fãs em polvorosa, e muitos apoiavam o possível casal. Em uma postagem, João chegou até mesmo a dizer que estava “um pouco afim de Sarah”. Mas todo esse amor, parece ter vindo por água a baixo nos últimos dias.

Recentemente, uma polêmica envolvendo a brother, criou um movimento de rejeição a Sarah, que ficou entre um dos três assuntos mais comentados do Twitter essa semana. Sarah, durante a noite da última quinta-feira (04/03), disse em uma conversa, que havia deixado de seguir o perfil do Presidente Jair Bolsonaro, mas que ainda “achava ele legal”. Toda essa conversa, foi suficiente para criar uma grande rejeição dos telespectadores do programa.

 

Logo no dia seguinte, o nome de Sarah havia entrado nos assuntos mais comentados do Twitter, com hashtags como: #ForaSarah ou #sarahbolsominion e até #tchausarah. Parece que o jogo virou para a brother, e ela entrou agora na lista dos possíveis eliminados. O assunto repercutiu bastante na internet, e até mesmo João Vicente demonstrou um pouco da sua opnião.

“Acabou o amor”, postou o ator no Twitter, dando a entender que após as declarações de Sarah, todo seu interesse pela participante do big brother entrou pelo ralo. Foi um verdadeiro balde de água fria nos fãs do casal, mas muitos apoiam a rejeição do ator, já que a reprovação com o atual presidente, está alcançando níveis históricos.