Idosa convida a todos para o próprio velório: ‘amigos e inimigos também’

A morte, é com certeza um dos assuntos mais delicados para nós seres humanos, e é mais do que comum, que tratemos desse tema com bastante cautela. Porém, uma idosa de 67 anos de idade, chamada Maria de Fátima Martins Dutra, quis tornar a sua despedida um pouco mais descontraída, e deixou uma mensagem de voz gravada, que convidava toda a cidade para seu velório, que geralmente é marcado com muita comoção, por ser a última despedida aos que se foram.

Mais conhecida como Maria de Telico, dona Fátima lutava contra um câncer há mais de 15 anos. Sabendo que podiam não lhe resta muito tempo de vida, ela fez alguns últimos pedidos a seus familiares antes de partir, e um deles era que sua voz fosse gravada, e que fosse transmitida a todos os moradores da região, por meio de um carro de som.

Pode parece um pouco estranho para alguns, mas isso, é um costume muito comum em regiões com populações mais amenas, pois geralmente, todos acabam se conhecendo e comparecendo nas cerimônias. No entanto, essa é a primeira vez que os moradores da pequena cidade de Nova Era, ouvem um chamado para o velório na voz do próprio falecido.

 

Outro pedido de dona Maria foi que em sua despedida fossem servidos vinho chileno e salgadinhos aos presentes, infelizmente, por conta da Covid-19, esse pedido não pôde ser atendido. A idosa era muito querida na cidade, pois gerenciava junto ao marido uma mercearia que abastecia as casas da região e cidades vizinhas.

Quando as pessoas começaram a ouvir o áudio ficaram surpresas. “Eu, Maria de Fátima, Maria de Telico, convido para o meu sepultamento parentes, amigos e inimigos também. Agradeço, muito obrigada.”, disse a mulher no áudio. A ideia foi vista como inovadora para alguns, e desnecessária para outros, mas o que importa é que os familiares puderam cumprir os últimos desejos de dona Maria.