Homem que estava com adolescente em motel CONTA tudo que aconteceu, ela morreu de hemorragia

Lucas Nascimento de Carvalho, de 29 anos, que estava com a menina de 16 anos que que faleceu, ele o acompanhou a um hotel em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, nesta quarta-feira dia 20 de janeiro.

Morreu na quinta de manhã, Igor José Ogar, o advogado que defendeu Lucas, explicou que a libertação se deveu ao fato de a polícia não ter apurado os fatos substantivos do crime, ou seja.

Não havia provas que o pudessem responsabilizar por homicídio, estupro ou abuso. responsável. Lucas se recusou a falar, dizendo que estava muito emocionado e pediu ao advogado que lhe contasse o ocorrido.

“Estou muito triste, não sei o que dizer. Vou mandar meu advogado falar agora. Não posso falar porque é um grande sofrimento. Meu advogado vai falar, mas logo podemos conversar.

Oga lembrou que Lucas conhece a família da jovem há oito anos e, embora ambos tenham dito à mãe de Livia que iam ao shopping, combinaram de ir ao motel.

Além disso, esta será a primeira vez que duas pessoas sairão juntas, mas antes disso, ele apresentou a adolescente e falou sobre seus planos para namorá-la.

“Foi a primeira vez que estiveram juntos, mas nunca se conheceram. Ele já havia dado presentes a ela e já tinha essas oportunidades. Falaram em construir um relacionamento forte.

Lucas, ele está apaixonado, e ainda ama esse menino . Na verdade, Lucas costumava ficar em casa durante esse período. Eles não se encontravam na Internet, começaram a namorar na Internet ”.

Explicou Oga, acrescentando que a viagem do menino até a residência da família Tem algo a ver com seu trabalho: “O padrasto dela o serve através de uma máquina. Bulldozer.”